Começam obras de ponte na região da PCH Bela Vista

Postagem em 8 de junho de 2020

Publicado em 25 de Maio de 2020

A Copel iniciou as obras da ponte que fará a ligação rodoviária entre os municípios de Verê e São João, no sudoeste do Paraná, atendendo a um compromisso firmado com a comunidade local na durante as audiências públicas para construção da Pequena Central Hidrelétrica (PCH) Bela Vista.

A ponte sobre o rio Chopim terá extensão de 200 metros e estrutura robusta, feita em concreto armado convencional e pré-moldado. Ela será erguida no eixo onde atualmente é feita a travessia por balsa. Nesta fase inicial, as equipes trabalham na implantação do canteiro de obras, movimentação de terra, cercamento da área e lançamento de material para a execução das fundações.

A previsão é de que a ponte seja liberada para o tráfego até março de 2021.  Essa travessia aproveitando os acessos rurais já existentes, trará grandes benefícios econômicos para a população, permitindo maior fluxo entre as sedes dos dois municípios e facilitando, assim, a circulação de mercadorias e escoamento dos produtos agroindustriais produzidos na região.

Partindo do local da nova ponte, cerca de um quilômetro rio abaixo, seguem as obras de instalação da PCH Bela Vista. Estão em andamento atividades de montagem de armação e lançamento de concreto nas estruturas permanentes da central, como o vertedouro e casa de força. Equipes também trabalham na montagem dos condutos forçados (que levarão a água até as turbinas).

As adufas para desvio temporário do rio Chopim estão em fase final de construção e já estão sendo montadas as comportas que vão regular a passagem de água. A previsão é de que o desvio possa ser realizado no mês de junho. Essa alteração no curso do rio é necessária para que possa ser finalizada a barragem.

Com orientação da Secretaria Municipal de Saúde, os trabalhadores estão seguindo uma série de procedimentos para evitar transmissão do coronavírus. Todos estão usando máscaras, passando por aferição de temperatura corporal e pressão e foram criadas novas escalas para uso do refeitório e o espaço foi adaptado para que sejam respeitadas as regras de distanciamento determinadas pela saúde pública. Profissionais da Copel também estão no local, seguindo com as atividades de fiscalização e Engenharia do Proprietário.

Orçada em R$ 200 milhões, Bela Vista vai entrar em operação em 2021 com 29 megawatts de potência, gerando energia suficiente para atender até 100 mil pessoas.

Proteção à fauna silvestre

Neste mês de maio também teve início o programa de Resgate da Fauna Terrestre da PCH Bela Vista. Uma equipe multidisciplinar integrada por biólogos, médicos veterinários, zootecnistas, engenheiro agrônomo e auxiliares realiza atividades em campo para afugentar ou, quando for o caso, capturar animais silvestres que estiverem na área do futuro reservatório durante os trabalhos de limpeza e retirada de vegetação.

Quando capturados, eles passam por biometria, ou seja, medições de tamanho, peso, identificação do sexo, idade reprodutiva, dentre outras características físicas e se necessário, passam por atendimento veterinário.

Todos os animais silvestres resgatados são marcados com brincos, microchips, anilhas ou tinta fluorescente e soltos em áreas próximas de mata, de acordo com um plano de trabalho aprovado junto ao Instituto Água e Terra (IAT).

Posteriormente, será feito um monitoramento nas áreas em que esses animais foram soltos. Trata-se de um programa importante para a preservação das espécies e para ampliar o conhecimento do comportamento e biologia dos animais da região.

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram